Sociedade

2022 – Incerteza não é desespero | Clovis Abreu Vieira

 

No momento em que a humanidade, aparentemente, se prepara para superar a pandemia da Covid19, uma nova tensão global representada pelo conflito Rússia-Ucrânia força uma séria reflexão sobre valores, normas e práticas de coexistência social. Em tais situações, é oportuno voltar um olhar sobre o passado para entender o presente e tentar inventar o futuro. 

 

É a esta tarefa que nos lançamos no âmbito do Grupo de Acompanhamento Empresarial do Espírito Santo (GPAEES), que tem pontuado sua trajetória com informação e conhecimento atualizados, de qualidade elevada e grande confiabilidade. 

 

Nessa longa jornada de três décadas de atuação, convivemos, analisamos e discutimos diversos planos de estabilização econômica, adequamo-nos aos avanços tecnológicos, desde o hoje pré-histórico fax até à instantaneidade das novas mídias sociais. Sempre exercemos o convívio presencial até que, por força de uma insólita emergência decretada pela pandemia, restringimo-nos aos encontros virtuais, privando-nos da salutar interação e o desenvolvimento do networking ensejado pela convivência pessoal. Ainda assim, presencial ou virtualmente, sempre prezamos a qualidade das informações que disponibilizamos aos participantes dos nossos encontros.

 

Mas, the show must go on. E o desafio que se nos coloca é o de descortinar e debater o cenário econômico da atualidade no Brasil e no Mundo, que apresenta uma desafiante complexidade, tal o nível de incertezas nutridas pelos prolongados efeitos da pandemia (que se deseja logo reduzidos a uma endemia), a inflação alta, os juros elevados, as incertezas do comércio exterior, numa combinação perversa com o baixo crescimento.  

 

Para além do horizonte econômico, deparamo-nos com as perspectivas voláteis de um mundo cuja complexidade tanto envolve a dinâmica da economia como a instauração de novos costumes e valores catalisados por um desenvolvimento tecnológico vertiginoso, que contrasta, aliás, com as assimetrias sociais que potencializam os conflitos em todas as latitudes. A questão climática, os fluxos migratórios, as tensões étnicas e culturais, formam uma nova agenda que exige um consenso tão amplo que extrapola as fronteiras nacionais. 

 

É com esse pano de fundo que retomamos o ano de 2022 com nosso perseverante trabalho de disponibilizar informações e conhecimento que subsidiem as decisões mais adequadas dos nossos parceiros e associados. 

 

Como a alta de juros nos EUA e as eleições no Brasil afetam o cenário econômico? Esse foi o tema que escolhemos para esse primeiro encontro de 2022, ainda virtual.

 

No plano estadual, apresentamos as perspectivas de novos negócios no Espírito Santo no afã de contribuir para a retomada do crescimento da economia estadual.  Também discutimos um posicionamento dos empresários capixabas expresso no manifesto “Carta Empresarial à sociedade Capixaba”, elaborado por empresas representativas do PIB Estadual durante o CEO Meeting do IBEF, em dezembro de 2021, entregue ao governador do Estado Renato Casagrande.

 

Enfim, nós, empresários, economistas, líderes da sociedade civil continuamos trabalhando pelo desenvolvimento do nosso Estado, buscando alternativas para a construção do nosso destino de grandeza. Temos esse compromisso inarredável com o Espírito Santo, a terra que nos serve de chão e o ser etéreo que nos protege. E acreditamos, como o Mahatma, que “a força não provém da capacidade física, mas de uma vontade indômita”. E essa nós temos de sobra.

 

Clovis Abreu Vieira: FORMAÇÃO ACADÊMICABacharel em Economia pela Universidade Federal do Espírito Santo;

Curso Intensivo de Treinamento em Problemas de Desenvolvimento Econômico, CEPAL/ONU;

Mestre pela Fundação Getúlio Vargas/RJ.

EXPECIÊNCIA PROFISSIONAL Professor Adjunto do Departamento de Economia da UFES;

           Economista da Secretaria de Estado da Indústria e Comércio, responsável pela primeira Pesquisa de Consumo de Produtos Industrializados do Espírito Santo;

           Diretor Presidente da Fundação Ceciliano Abel de Almeida (UFES);

Ex-Secretário Executivo do Grupo Executivo para Recuperação Econômica do Estado do Espírito Santo – GERES, órgão vinculado ao Ministério da Integração Nacional;

Sócio de Vieira & Rosenberg Consultores Associados, empresa especializada em consultoria macroeconômica, estratégia de novos negócios e projetos de viabilidade econômico-financeira.

OUTRAS ATIVIDADES

Diretor-Presidente do Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças (IBEF – ES);

Vice-Presidente Executivo do IBEF/Nacional, tendo participado como delegado brasileiro nos Congressos Internacionais de Jakarta e Bali (Indonésia), Interlaken (Suíça), Vancouver (Canadá) e Rio de Janeiro (Brasil);

Co-fundador e Membro da Diretoria da Câmara de Comércio Americana do Espírito Santo.

Fundador e Responsável pelo Grupo Permanente de Acompanhamento Empresarial do Espírito Santo (GPAEES), em funcionamento há 25 anos no estado, atendendo importantes segmentos do meio empresarial capixaba na elaboração e atualização dos cenários macroeconômicos do Brasil e do Mundo, do cenário político, e das opções de investimentos e financiamentos para as empresas capixabas integrantes do PIB estadual.

DESTAQUE ATUAL

Membro fundador da Rede Expertise – movimento de Profissionais Seniores (2019)

Qual é a sua reação?

Gostei
0
Adorei
1
Sem certezas
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Próximo Artigo:

0 %