ANO 8 Edição 88 - Janeiro 2020 INÍCIO contactos

Delalves Costa


Poemas II    

parte do livro “midiaserável”, o qual terá 2ª ed. em 2019, revisado e ampliado.

 

Antropofagia

 

O silêncio a morde. E se expondo agoniza
ao fingir sedentário orgasmo. Entre todos
um ou outro sem nada dizer nos devora.
Fragmento, a íntima conversa
que se apodera de um alguém
que se abre pra existir ao corpo em fogo.
E aleatórias, as brasas partem
e voltam sem ardência.
Ferve o sangue. E inquieta,
a alma não o faz sentir.
Por mais que suspire gritos,
quem pode ouvi-los? De repente
voam uma a uma as janelas…
Do lado de lá, as afiadas lâminas
ferem a carne que de amor
se excita, e em dor
silenciosamente se permite
suspirar suas falas
pra não se despertar
desa(finadas cordas vocais)
plural duma nota só.

 

 

 

 

 

 

O Poerótico

 

O lírico sem papas
erótico, nu-artístico. Por no gráfico
o poema sem rima
na língua (na entrelinha da linha)
é fôlego só. Aflora-
se, eis os gemidos
no branco-página.
É arte o compasso:
aflora apimentada
(ora docerotismo)
ângulo sem pudor,
o calor do verbo a rasgar corpos,
e derr(amam-se)
enquanto se transpira pela palavra
assim se faz amor.

 

 

 

 

 

 

Os linguantes

 

Alimentam-se de teclas (os linguantes)
a qualquer hora escrevem
n'olhar do outro pra sentirem-se vivos
– e matam a cada golpe vil
bárbaro, neoilógico veste étnico-amor,
o de Iracema pelo português.
Confeccionada a duras penas, prevista
está nossa língua pela hora,
sobrevive de instante na soleira virtual.
Escrevem, escrevem. Mas
a língua é tão outra que até o coloquial
está sofrendo de erudição.

 

 

Delalves Costa (13 de dezembro, 1981) é escritor e poeta com 9 livros de poesia publicados, sendo que os dois últimos foram “O Apanhador de Estrelas” (Becalete, 2018; 2ª edição Class, 2018) e Extemporâneo (Coralina, 2019). Formado em Letras Licenciatura-Plena Português e Literatura Portuguesa, tem Mestrado em Educação Profissional da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul/Uergs, Unidade Litoral Norte – Osório. Profissionalmente, professor de português, literatura e texto técnico na rede pública de ensino do Rio Grande do Sul. Pesquisador nas áreas de ensino, literatura e cultura locus-regionais do Litoral Norte do Rio Grande do Sul.

TOP ∧

Revista InComunidade, Edição de Janeiro de 2019


FICHA TÉCNICA


Edição e propriedade: 515 - Cooperativa Cultural, ISSN 2182-7486


Rua Júlio Dinis número 947, 6º Dto. 4050-327 Porto – Portugal


Redacção: Rua Júlio Dinis, 947 – 6º Dto. 4050-327 Porto - Portugal

Email: geral@incomunidade.com


Director: Henrique Dória       Director-adjunto: Jorge Vicente


Revisão de textos: Filomena Barata e Alice Macedo Campos

Conselho Editorial:

Henrique Dória, Alice Macedo Campos, Cecília Barreira, Clara Pimenta do Vale, Filomena Barata, Jorge Vicente, Maria Estela Guedes, Maria Toscano, Myrian Naves


Colaboradores de Janeiro de 2019:

Henrique Dória, Adán Echeverría, Adelto Gonçalves, Adriano B. Espíndola Santos, Alfonso Peña, Amirah Gazel, Ana Romano, António de Miranda, Antônio Torres, Caio Junqueira Maciel, Carlos Matos Gomes, Casé Lontra Marques, Cecília Barreira, Clécio Branco, Delalves Costa, Deusa d’África, Eduardo A. A. Almeida; Fernando Sousa Andrade, Eliana Mora, Francisco Marcelino, Geronimo Lobo, Helena Mendes Pereira, Hermínio Prates, Inés Aráoz, Inés Legarreta ; Rolando Revagliatti, J. R. Spinoza, José Arrabal, José Manuel Teixeira da Silva, José Petrola, José Ricardo Nunes, Lahissane, Leila Míccolis, Luanna Belmont, Makely Ka, Marinho Lopes, Matheus Guménin Barreto, Moisés Cárdenas, Nicolas Behr, Otildo Justino Guido, Ricardo Alfaya, Ricardo Ramos Filho, Rosângela Vieira Rocha, Silas Correa Leite, Ulisses de Carvalho, Waldo Contreras López, Wil Prado


Foto de capa:

J. M. W. TURNER, 'Fishermen at sea', 1796. || FRANCISCO DE GOYA, 'La nevada', 1786-1787.


Paginação:

Nuno Baptista


Os artigos de opinião e correio de leitor assinados e difundidos neste órgão de comunicação social são da inteira responsabilidade dos seus autores,

não cabendo qualquer tipo de responsabilidade à direcção e à administração desta publicação.

2014 INCOMUNIDADE | LOGO BY ANXO PASTOR