ANO 6 Edição 83 - Agosto 2019 INÍCIO contactos

Atanasius Prius


Cocó dia sim, dia não    

Por mais que as melancias digam que não, o clima está bom, garantem os nabos. A prova disso é que na Casa Branca e no Planalto funciona na perfeição o ar condicionado: no Inverno dá calor no Verão dá frio. Por lá não falta a água de Vichy nem o scotch mais velho. Abunda a vodca. Mesmo que as relações com a Rússia aparentem variar entre os menos oito e os oitenta graus, o dinheiro escorre entre o Kremlin e a Casa Branca.

 

Nenhum icebergue entrou pelo Mississipi nem pelo Amazonas dentro para fazer a matança dos jacarés. Tufões, furacões e tornados sempre os houve, e a ciência não demonstra que estão agora a correr de cabeça para baixo e os pés voltados para as nuvens.

 

Os pinguins do Antártico continuam com frio e os cachalotes do Atlântico a produzir arrobas de esperma. No deserto continua a haver areias e camelos e no mar muita água salgada e carapaus de corrida.

 

O inquilino da Casa Banca varre o vento com a sua trunfa, e o do Planalto continua a dar traques com a bunda, apesar dos problemas da carne de veado e do mau cheiro das favelas. Mas quanto a estes já encontrou a solução: decretou solenemente que os brasileiros devem comer carne uma vez por mês com batatas todos os dias.

 

Mas o essencial para preservar o ambiente é que façam cocó dia sim dia não, não contando os que sofrem de prisão de ventre porque esses só fazem cocó de três em três dias.

 

Quem não ficou contente foram os agrários porque cada vez menos bois são consumidos como carne de vaca, e o preço desta vai cair a pique. Pelo contrário, o estrume para as fazendas vai, de certeza, aumentar de preço para o dobro. A consequência é óbvia: os agrários vão ter os tomates mais pequenos.

 

E tudo isto vai piorar, a não ser que a ministra Damares volte a encontrar Cristo plantado em cima duma abóbora e Ele atenda as suas preces para salvação do agronegócio.

 

Porque se não o salvar, os amigos do Bozo emigrarão em massa para o Portugal colonial governado pelos horríveis comunistas.

 

 

Atanasius Prius é um monge anacoreta que se cansou de jejuns, sacrifícios com cílios nas coxas, e orações quarenta e oito horas por dia, e resolveu fazer-se goliardo – o que também não conseguiu porque não tinha jeito nem para as mulheres nem para o vinho. Por isso virou analista político. Salvé.

TOP ∧

Revista InComunidade, Edição de Agosto de 2019


FICHA TÉCNICA


Edição e propriedade: 515 - Cooperativa Cultural, ISSN 2182-7486


Rua Júlio Dinis número 947, 6º Dto. 4050-327 Porto – Portugal


Redacção: Rua Júlio Dinis, 947 – 6º Dto. 4050-327 Porto - Portugal

Email: geral@incomunidade.com


Director: Henrique Dória       Director-adjunto: Jorge Vicente


Revisão de textos: Filomena Barata e Alice Macedo Campos

Conselho Editorial:

Henrique Dória, Alice Macedo Campos, Cecília Barreira, Clara Pimenta do Vale, Filomena Barata, Jorge Vicente, Maria Estela Guedes, Maria Toscano, Myrian Naves


Colaboradores de Agosto de 2019:

Henrique Dória, Adán Echeverría, Adelto Gonçalves, Alexandra Vieira de Almeida, Amoi Ribeiro, Angelo Oswaldo de Araújo Santos, Atanasius Prius, Caio Junqueira Maciel, Carlos Matos Gomes, Cida Sepulveda, Conselho Editorial, Demétrio Panarotto, Eloésio Paulo, Érico Hammerström, Flávia Fernanda Cunha, Flávio Otávio Ferreira, Gabriel Impaglione ; Rolando Revagliatti, entrevista, Gladys Mendía, Hermínio Prates, Hugo Pontes, Iza Maria de Oliveira, José Arrabal, Krishnamurti Goés dos Anjos, Leila Míccolis, Leonardo Almeida Filho, Luiz Edmundo Alves, Manuella Bezerra de Melo, Marco Aurélio de Souza, Maria Emília Lino Silva, Marinho Lopes, Max Lima, Ricardo Ramos Filho, Sônia Pillon, Tereza Duzai, Thássio Ferreira, Waldo Contreras López


Foto de capa:

MARC CHAGALL, 'Aleko and Zemphira by moonlight: study for backdrop for scene 1 of the Ballet «Aleko»', 1942


Paginação:

Nuno Baptista


Os artigos de opinião e correio de leitor assinados e difundidos neste órgão de comunicação social são da inteira responsabilidade dos seus autores,

não cabendo qualquer tipo de responsabilidade à direcção e à administração desta publicação.

2014 INCOMUNIDADE | LOGO BY ANXO PASTOR