ANO 4 Edição 60 - SETEMBRO 2017 INÍCIO contactos

C. Leonardo B. Antunes


Vivendo aprendo coisas dolorosas, Poesia

"vivendo aprendo coisas dolorosas"
seria um bom final de um bom poema
que há vários dias tento arquitetar,
mas não consigo; falta força, falta
fôlego, perspectiva, algum sentido –
afundo-me em profundo descaminho.

 

talvez alguém pudesse, gentilmente,
traduzir meu poema para o grego
e perdê-lo nalgum papiro roto,
quase todo ilegível à exceção
de um único brilhante verso meu:
"vivendo aprendo coisas dolorosas".

 

 

 

 

INEXISTE APRENDIZADO

 

há tão somente
a eventual impossibilidade
de reencenar os mesmos erros

 

e a saudade, filha do impossível,
última provável companheira
dos que permanecem

 

 

 

 

LOGO SERÁ NOITE

 

quanto viste,
o quanto amaste,
de quanto fizeste,

 

ninguém jamais verá,
ninguém o saberá,
ninguém se lembrará.

 

 

 

 

TEUS DOIS LÁBIOS

 

curvilínea rubra
máscara de carne

 

teus dois lábios

 

para disfarçar
duros feros dentes

 

 

 


VIVER

 

mover-se por caminhos
entre o incomunicável
(volátil signo de si mesmo)
e o incompreensível
(labirinto de alteridades)

 

 

 


MEUS FRACASSOS SE ERIGEM COMO MONUMENTOS

 

Meus fracassos se erigem como monumentos,
   Altivos, permanentes, sempre à vista,
São feitos de matéria artificiosamente
   Engendrada – conspícua e duradoura –
E lançam densa sombra sobre as silhuetas
   Incertas, fugidias, resignadas
Do que talvez um dia, sobre a areia, alguém
   Houvesse registrado algum sucesso.

 

 

VOAR – SUSPENSO EM DENSAS, LONGAS ASAS –

 

voar – suspenso em densas, longas asas –
atravessando, junto das sagradas
alcíones, o etéreo têmeno
de inominados deuses, muito longe

 

de tudo quanto um dia se viveu,
é coisa que deseje alguém jamais.

 

antes aspire que se permaneça
(bem firme sobre os pés na terra pátria,
no perímetro próprio ao coração)
alheio ao duro lote do partir.

 

 

 


TE VEJO AGORA TODA

 

te vejo agora toda
manhã nascida do teu lado
se faz
mais bela
forma de menina
de mulher
que pensa e age e luta
além da mera
forma de menina
de mulher
mais bela
manhã de todas as manhãs

 

 

C. Leonardo B. Antunes (São Paulo, 1983), poeta, tradutor e professor de Língua e Literatura Grega na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, é autor do livro João & Maria: Dúplice soroa de Sonetos fúnebres (Editora Patuá, 2017).

TOP ∧

Revista InComunidade, Edição de Setembro de 2017


FICHA TÉCNICA


Edição e propriedade: 515 - Cooperativa Cultural, ISSN 2182-7486


Rua Júlio Dinis número 947, 6º Dto. 4050-327 Porto – Portugal


Redacção: Rua Júlio Dinis, 947 – 6º Dto. 4050-327 Porto - Portugal

Email: geral@incomunidade.com


Director: Henrique Prior       Director-adjunto: Jorge Vicente


Revisão de textos: Filomena Barata e Alice Macedo Campos

Conselho Editorial:

Henrique Prior, Alice Macedo Campos, Cecília Barreira, Clara Pimenta do Vale, Filomena Barata, Jorge Vicente, Maria Estela Guedes, Maria Toscano, Myrian Naves


Colaboradores de Setembro de 2017:

Henrique Prior, Alexandre Brandão, Beatriz Regina Guimarães Barboza, Bruna Mitrano, C. Leonardo B. Antunes, Caio Junqueira Maciel, Carlos Barbarito, Carlos Vale Ferraz ; Carlos Matos Gomes, Cássio Amaral, Cecília Barreira, Danyel Guerra, Deisi Scherer Beier, Denise Bottmann, Eduardo Rennó, Eliana Mora, Flávia Fernanda Cunha, Helena Mendes Pereira, Hermínio Prates, Jorge Silva Melo, José Hierro ; Sandra Santos, trad., Juliana Meira, Katyuscia Carvalho, Luís Pedroso, Luísa Demétrio Raposo, Lyslei Nascimento, M. de Almeida e Sousa, Maria Toscano, Marinho Lopes, Moisés Cárdenas, Nilo da Silva Lima, Ricardo Ramos Filho, Thiago Scarlata, Vinícius Lima


Foto de capa:

EDWARD HOPPER - Noite de Verão (Summer Evening), 1947. Óleo sobre tela, 76,2 x 106,7 cm. Washington, DC, Coleção Particular


Paginação:

Nuno Baptista


Os artigos de opinião e correio de leitor assinados e difundidos neste órgão de comunicação social são da inteira responsabilidade dos seus autores,

não cabendo qualquer tipo de responsabilidade à direcção e à administração desta publicação.

2014 INCOMUNIDADE | LOGO BY ANXO PASTOR