Entrevista

“OU O SILÊNCIO CONTÍNUO”, MARCELO ARIEL FALA DO SEU LIVRO

Marcelo Ariel é prosador, poeta, ensaísta e performer. Nasceu em Santos-SP (1968) e é autor dos livros Me enterrem com a minha AR 15 (Dulcinéia Catadora, 2007-Esgotado), Tratado dos anjos afogados (LetraSelvagem, 2008), O céu no fundo do mar (Dulcinéia Catadora, 2009-esgotado), Conversas com Emily Dickinson (Selo Orpheu/Multifoco, 2010-esgotado), Samba Coltrane (Yi Yi Jambo Cartonera, 2011-esgotado) , A morte de Herberto Helder (Sereia Cantadora Cartonera, 2012), A segunda morte de Herberto Helder (21 Gramas-esgotado), Diário Ontológico I e II (Pharmakon, 2014), Retornaremos das cinzas para sonhar com o silêncio (Editora Patuá, 2013), Urchatz Gaza (Lumme, 2014), Para sempre (Lumme, 2014), Gilberto Mendes –Encontros (Azougue Editorial, 2015, Org. ), O rei das vozes enterradas (Córrego, 2015 ) e Com o Daimon no contrafluxo (Editora Patuá, 2016). Além disso, participou de diversas antologias aqui e no exterior, tais como: Mehr alls bucher, org. Timor Berger (PapperLapPapp\Berlin, 2010), Poesia para el fim del mundo, org. por Estela Mendonza (Kodama cartonera\México, 2013), Poètes du Brésil aujourd’hui, préparé par Ines Oseki-Dépré (Action Poétique\Paris\France, 2011) entre outras. Coordena o Laboratório de Equizoanálise Literária em Santos-SP. Lançou, neste ano, A névoa dentro da nuvem – Prosa Reunida – 2012 -2016, pela Lumme Editora, e A Rainha do fogo invisível seguido de A morte de David Bowie, pela Rubra Cartoneira. Esta semana é o convidado do programa “Livros e Autores”, para falar do seu mais recente livro.

Qual é a sua reação?

Gostei
0
Adorei
1
Sem certezas
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximo Artigo:

0 %