Entrevista

DANIEL MUNDURUKU, CANDIDATO À ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS

Daniel Munduruku (Belém, 28 de fevereiro de 1964) é um escritor e professor brasileiro. Pertence à etnia indígena Munduruku. É extremamente engajado no movimento indígena brasileiro. Graduou-se em filosofia, história e psicologia pelo Centro Universitário Salesiano de São Paulo (UNISAL). Fez mestrado e doutorado em educação pela Universidade de São Paulo e pós-doutorado em linguística pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). É diretor-presidente do Instituto Uk’a – Casa dos Saberes Ancestrais. É autor de 54 obras, sendo a maioria classificada como literatura infanto-juvenil[4]. É membro da Academia de Letras de Lorena[3]. Recebeu a comenda do mérito cultural por duas vezes. Já recebeu vários prêmios no Brasil e no exterior: Prêmio Jabuti, da Academia Brasileira de Letras, Prêmio Érico Vanucci Mendes (CNPq), Tolerância (UNESCO). Muitos de seus livros receberam o selo Altamente Recomendável pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil – FNLIJ. Nas eleições de 2020 foi candidato a prefeito na cidade de Lorena. Esta semana é o convidado do programa “Enfoque”, numa conversa a não perder, conduzida por Loreley Haddad e Henrique Prior.

Qual é a sua reação?

Gostei
0
Adorei
0
Sem certezas
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximo Artigo:

0 %